22.05.22

Domingo, 22/5 – atenção surda
14h as 18h Trabalho com atores, jogando com expressões teatrais.
20h Apresentação do vídeo “Script Surdo” e sessão de improvisação aberta ao público.

Fotografia Gilson Camargo

Manual para a construção de uma peça de teatro

#7 Planejamento para a improvisação, tempo estendido.

Fotografia Gilson Camargo

Paula, mulher preta, professora, surda, emocionou a todos com sua poesia visual, corpo que mostra a potência da existência, sinaliza com todos os poros que está aqui e nada lhe impede de lutar e afirmar que todos somos iguais.

Carlos,, homem alegre, gentil e grande poeta, nele nas relações entre eles e seus companheiros de cia, vê-se em gesto o amor. Carlos reconhece os sinais pelo tato. Carlos, que poeta você é. O que posso escrever para tentar descrever para esses ouvintes, o som que seus braços movem ao redor, a energia de seus movimentos, da sua poesia? Digo que o ar movido pelos seus gestos ecou e roçou nossa pele, ouvidos, alma e olhos.

Eu me chamo Richard
Me emociona ver vocês aqui hoje
Eu me sinto amarrado
Com as cordas do não saber
Eu sou um ouvinte que não sabe ouvir
Pedi aos amigos que me ensinassem a dizer algo
Que mostre meu amor por vocês
Eu vejo vocês aqui hoje

Fotos: Gilson Camargo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s